Medo



Esses dias eu senti muito medo, muito mesmo. 

Entrei numa embarcação e comecei a navegar no mar da insegurança. E como uma criança que se assusta com o escuro, lá estava eu, indefesa e entregue ao medo. Muitas vezes, nos sentimos vulneráveis, não é verdade? 

Vem ataques de todos os lados, problemas familiares, problemas espirituais, problemas sentimentais. São tantas coisas e nem sempre dá para sustentar tudo isso. Aquela aparência de "mulher forte" desaba quando nos trancamos no quarto e ficamos a sós com Deus. 

A alma precisa de um apoio, de um abraço. Nós sabemos que podemos encontrar esse apoio em Deus, mas às vezes o medo cega a gente e acabamos navegando em águas inseguras. 

Na frente de Deus, somos humanos de verdade, nada se oculta diante do Pai. Por isso, mesmo dentro desse mar inseguro, nesse escuro que te causa pavor. Ore! Chore! Confesse! 

Seja sincera e conte a Deus todas as suas fraquezas, não esconda nada não. Ele conhece o seu coração, mas Ele quer ouvir você falando o que se passa ai dentro, seja com palavras, lágrimas ou gemidos. 

Depois de boa conversa com o Mestre você vai avistar uma ilha, depois de uma boa conversa com o Mestre, você vai sentir a mão do Pai segurando a sua e uma voz sussurrando no meio do escuro: "Filha, estou aqui, vai ficar tudo bem."



Fique por dentro das novidades do blog também nas redes sociais:



Fica com Deus!
<3

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Menina Modesta. Todos os direitos reservados.©
Design e codificação por Sofisticado Design.