Talinny, uma estrangeira no próprio lar


"Falar de nós nunca é fácil, mas falar de Deus em nós é tremendo!

Entender a necessidade de sair da superficialidade e viver um cristianismo genuíno e transformador, tem sido constante nos dias de hoje. Engraçado imaginar a quantidade de anos que passei sendo cristã de banco, se é que você me entende, não foram poucos.

Criada no meio evangélico, eu desconhecia completamente o Deus do evangelho. Pra mim, tudo aquilo não passava de uma tarefa enfadonha e que deveria ser cumprida religiosamente, terças e quintas, no templo. Intimidade? Relacionamento? Não existiam.

Me foi necessário andar no vale da sombra da morte. Muitos de nós, buscamos a bênção de Deus, e não o Deus da bênção. Sempre sonhei com uma futuro promissor, qual jovem não sonha? Até ver meu sistema nervoso corroído pela ausência de vitamina B12 no organismo, ele não consegue absorvê-la com eficiência. Idas ao médico e um diagnóstico, síndrome do pânico e transtorno de ansiedade generalizada, meus nervos estavam indo para o espaço, e sim, não tem cura. Estava arrasada! Eu não tinha mais domínio sobre o meu corpo.

Lembrei, então, da fé que sempre ouvi do meu pai. Naquela noite ao dobrar os meus joelhos, eu disse: "Deus, somos eu e o Senhor, agora. Eu quero conhecer o Deus que pregam na minha Igreja, quero conhecer o Deus que o meu pai fala." Eu não conseguia dizer mais nada só chorar e chorar. O meu quarto foi invadido por uma presença magnífica. Então o Espírito Santo bradou no meu coração e disse: "você quer uma cura, ou a minha presença?" Não tive dúvidas: Senhor quero a tua presença!! 

O Pai transformou a minha vida. Não consigo viver distante Dele! A presença do Senhor é o mais importante. Viver na dependência Dele é uma dádiva. Ele contraria as expectativas médicas. Ele coloca sua força em nós e nos chama de fortes! Aleluia! Ele é presente!

...................................................................................................................................................................



"Porque não recebestes o espírito de escravidão, para outra vez estardes em temor, mas recebestes o Espírito de adoção de filhos, pelo qual clamamos: Aba, Pai. O mesmo Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus."

(Romanos 8:15-16)


Fique por dentro das novidades do blog também nas redes sociais:


Fica com Deus!
<3

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Menina Modesta. Todos os direitos reservados.©
Design e codificação por Sofisticado Design.